Flordelis atraía fiéis da igreja para noites de ‘pecado’, afirma testemunha, conheça os detalhes

O caso do assassinato do pastor Anderson do Carmo, que foi morto em junho de 2019, continua tendo desdobramentos chocantes.

A deputada federal Flordelis é acusada pela polícia de ser a mentora intelectual e mandante do crime que repercutiu em todo o país por causa dos requintes de crueldade.

Muitas pessoas foram ouvidas durante as investigações e de acordo com o portal de notícias online, ‘IstoÉ’, uma das testemunhas em depoimento à Polícia Civil, afirmou que a líder religiosa da Igreja Ministério Flordelis, assediava e atraia fiéis para que tornassem seus amantes.

O homem que não teve seu nome identificado afirmou que era obreiro da igreja, quando ela funcionava no bairro da Rocha, no Rio de Janeiro e que percebeu que acontecia uma atividade incomum na casa de Flordelis e Anderson.

 

Ele revelou que “pessoas que frequentavam os cultos eram atraídas para a casa” para manter relações íntimas com a deputada. Segundo a testemunha Flordelis já era casada com o pastor Anderson e que a deputada tentou levá-lo para cama por duas vezes mas, que ele teria se recusado a manter relações com ela.

Procurada pela reportagem do jornal ‘Extra’, Flordelis negou as acusações e desafiou que a testemunha prove o que afirmou em depoimento. “Que ele (testemunha) prove isso. É mentira. Isso nunca existiu”, alega.

Fonte: IstoÉ

Escrito por Fabiana

Jornalista Web, compromisso com a verdade, criação de conteúdo de qualidade. Experiência nos mais diversos nichos, como por exemplo, TV e Famosos, atualidades, política, decoração, universo feminino, saúde, qualidade de vida, entre outros.